English | Português

Renata assistiu: Okja

Diversos Sem categoria

Oi, tudo bem? Me mudei ja faz um mês e estava sem cable na minha casa, assim que o cable foi instalado resolvi procurar por um filme e assistir com meus filhos porque o marido […]

Como combater gripe e resfriado

Saúde e Beleza Sem categoria

Olá tudo bem? Mais um belíssimo post aqui no blog com uma matéria da Rosi Feliciano . Ela preparou um post belíssimo de como combater gripe e resfriado dando dicas reveladoras. Nariz entupido, dor de […]

Unha inspiração: Dara e café brasileiro

Saúde e Beleza Sem categoria

Olá, tudo bem? Não costumo fazer post de unha , já tentei, mas não é meu ponto forte. Sempre faço minhas unhas no chinês , unha de acrílico, porém não tenho muita paciência em preparar […]

Vamos refletir: pais e filhos

Diversos Sem categoria

Olá , tudo bem? A um bom tempo atras, li uma matéria que uma amiga mandou e depois vi essa matéria em vários lugares e li denovo, denovo e denovo. E cada vez que eu […]

3 outubro 2017

Renata assistiu: Okja

Oi, tudo bem?

Me mudei ja faz um mês e estava sem cable na minha casa, assim que o cable foi instalado resolvi procurar por um filme e assistir com meus filhos porque o marido estava concentrado no futebol de domingo.

A um tempo atras vi uma cantora falando sobre um filme Okja no instagram  ,fiquei super curiosa em assistir so porque ela disse que foi o melhor filme que ela viu esse ano e o mais triste também.

Amo filme triste…. Não sei porque.

Isso foi um tempinho atras e ess semana que passou , assim que estava procurando por um filme vi e o Okja  e resolvi assistir.

Primeira impressão, foi quando o Fellipe perguntou para mim: Mãe, a senhora vai assistir esse filme? Eu disse: vou sim. Quer assistir comigo?

Ele completou: Não. Esse filme parece ruim.

Não dei a mínima para o indivíduo e continuei assistindo ao filme.

Nova York, 2007. Lucy Mirando (Tilda Swinton), a CEO de uma poderosa empresa, apresenta ao mundo que uma nova espécie animal foi descoberta no Chile. Apelidada de “super porco”, ela é cuidada em laboratório e tem 26 animais enviados para países distintos, de forma que cada fazenda que o receba possa apresentá-lo à sua própria cultura local. A ideia é que os animais permaneçam espalhados ao redor do planeta por 10 anos, sendo que após este período participarão de um concurso que escolherá o melhor super porco. Uma década depois, a jovem Mija (Seo-Hyun Ahn) convive desde a infância com Okja, o super porco fêmea criado pelo avô. Prestes a perdê-la devido à proximidade do concurso, Mija decide lutar para ficar ao lado dela, custe o que custar.

Não quero fazer aqui um resumo do filme, igual aos que todos já viram por aí. Contando quem produziu , personagens , tempo de filme , onde foi feito , etc etc. Eu resolvi contar aqui minha opinião sobre esse filme. Quem já viu pode até se identificar com o post e quem ainda não assistiu vale a pena.

Li alguns comentários de que o filme e uma simples propaganda pra o veganismo … não achei isso não. Não sou vegetariana, muito menos vegana. Evito carne vermelha e nunca gostei de carne de porco. Não sei porque.

Mais e um filme que mostra a pura realidade contra os animais em geral.

O filme retrata um porco gigantesco que e um doce, foto, amiga de uma menina muito meiga e inocente.

Eles brincam o tempo todo até que um certo dia uma mulher maluca que está com um projeto magnífico ( só que não) resolve ir até o local uma aldeia tipo assim e pegar , resgatar esse porco gigante que e raridade .

A princípio ela aceita, porém o avô conta que o porco não voltará mais. Ela decide ir atras do amigo em NY. Sofrimento total até chegar perto do porco amigo.

Ela briga, se depara com umas pessoas que vai ajudá-la também.

Até que ela chega num local terrível, triste com um milhão de porcos igual ao dela. Aí sim pra mim essa parte do filme e a mais forte e triste de todo o filme. Ela chega em um matadouro .

Não vou contar o final do filme pra não ser sem graça não é mesmo.

Para você que já e vegano ou vegetariano vai continuar sendo e vai ter mais ainda amor pelos animais.

Enfim, o  filme foi ótimo. Não o melhor que já assistir. Tem umas partes mentirosas, mas faz parte do filme. Nem por isso deixei de gostar do Okja.  Foi triste e fiquei com muita pena e muito do dos porcos, não só os porcos e sim as galinhas, bois , vacas, Peixes… todos. Não vou-me tornar vegetariana depois do filme. Porém, vou continuar comendo menos carne como já faço

Quem já assistiu o Okja? Gostaram? O que tem a acrescentar no post de hoje.

Beijos!

 

  1. Também vi o trailler Re, fiquei curiosa. kkk
    Gostei do seu resumo.
    Bjão

@motivetobepretty no instagram